Logística no e-commerce: quais são os principais desafios

Fazer compras pela internet já é parte da rotina de boa parte dos brasileiros. Mas para que tudo funcione corretamente, as empresas precisam pensar em todos os detalhes da logística no e-commerce.

Seja um pequeno, médio ou grande negócio, ao colocar produtos à venda pela internet, a logística no e-commerce se torna uma parte importante do processo de compra.

Conhecer quais são os principais desafios e como lidar com cada um deles é essencial, especialmente com uma tendência cada vez maior para o consumo online.

Integração da informação

Para muita gente, a logística de um e-commerce diz respeito somente ao momento de envio de uma compra e a entrega na casa do consumidor.

Porém, existe todo um sistema de informação que acontece entre o pedido de compra e o envio, que merece atenção e é um dos principais desafios para o setor.

A integração da informação ainda é um problema para muitas empresas, pois são várias fontes de dados, que precisam atuar em conjunto.

O número de produtos disponíveis no site, por exemplo, precisa corresponder ao estoque físico.

Além disso, se a empresa está em várias plataformas, como em seu próprio e-commerce e em aplicativos de compras, é preciso que todos os estoques sejam atualizados quando algo deixa de estar disponível.

Para integrar as informações, as empresas podem contar com diferentes sistemas digitais. Manter um estoque bem atualizado é essencial para ter sucesso.

supermercado e a sua logística no e-commerce para entregas rápidas na mesma cidade
Logística no e-commerce

Velocidade nas entregas

Ainda existem consumidores resistentes à ideia de comprar produtos pela internet. Para a maioria deles, o problema está no tempo de espera pela entrega.

De fato, quando falamos de logística no e-commerce, um dos principais desafios é a velocidade nas entregas, que pode levar dias entre a conclusão do pedido até o recebimento por parte do cliente.

Mas há espaço para melhorias na velocidade das entregas. Os aplicativos de delivery conseguiram comprovar essa teoria, especialmente nos meses de pandemia.

Apps como o Rappi permitem que o consumidor receba seus pedidos rapidamente, em lojas locais, o que fomenta a economia de cada região.

De olho nessa necessidade do consumidor, por pedidos mais ágeis, a marca lançou recentemente o espaço lojas favoritas no Rappi.

Nessa plataforma, lojas de shoppings podem cadastrar seus produtos, para que a entrega chegue até o consumidor em menos de 1 hora.

Logística reversa

Logística reserva é o termo utilizado para definir o processo de devolução de um pedido.

Isso acontece quando, por algum motivo, o consumidor decide devolver o produto comprado, dentro do prazo estabelecido pelo PROCON.

Porém, isso se torna um dos principais desafios para muitas empresas, já que nem sempre existe um processo de logística reversa bem estabelecida, causando gastos extras com taxas de envio.

Sem uma definição clara de como a logística reversa acontece em um e-commerce, as empresas acabam com consumidores insatisfeitos e gastos que não compensam o valor do produto vendido.

Soluções para a logística no e-commerce

De acordo com pesquisa realizada pela Ebit/Nielsen, o e-commerce brasileiro cresceu 41% em 2020. Na prática, significa que mais de 87,4 bilhões de reais circularam graças ao comércio online.

Sem dúvidas, a pandemia e o isolamento social foram os grandes responsáveis por esse aumento no consumo online. Agora, com consumidores habituados ao ambiente virtual, a tendência é que esse meio de compra cresça ainda mais.

Por isso, é preciso buscar soluções para a logística no e-commerce. E o primeiro passo já está sendo tomado por muitas empresas: a análise de processos internos.

A intenção é conseguir identificar os principais gargalos que impedem um bom fluxo de compra, dentro da logística, para corrigir cada um dos problemas.

Para os consumidores, esse interesse dos e-commerces pela logística é positivo. Afinal, a praticidade da compra online tem tudo para ficar ainda melhor com um bom processo de entregas!

Veja nossa matéria sobre o efeito do 5G na logística!

Informe, compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

CAMPARTILHE E DESTAQUE-SE

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin