Pré-sal deve dobrar demanda logística da Petrobras até 2017.

17-06-2011 21:43

SÃO PAULO - O gerente geral da Petrobras, Ricardo Albuquerque Araujo, disse hoje que os serviços de transporte e logística da Petrobras entre plataformas e continente devem dobrar até 2017 por conta do pré-sal.
Segundo ele, hoje 85% do petróleo produzido pela Petrobras é extraído da Bacia de Campos. Para comparar como a produção aumentará, ele lembra que a produção em Campos é menor do que o potencial do pré-sal na Bacia de Santos.

"Hoje, transportamos 75 mil pessoas por mês entre plataformas e continente. Em 2017, vamos dobrar esse número e chegar a 1,4 milhão de pessoas", diz. Ele menciona também que o transporte de cargas da companhia também crescerá. "Hoje, movimentamos cerca de 1,2 milhão de toneladas por ano e vamos atingir 2,2 milhões em 2017", diz.
Para ele, o aumento não trará impactos significativos ao sistema de transportes brasileiro. "Nossa maior movimentação vai ocorrer no mar", diz. Regiões como o litoral do Rio de Janeiro e São Paulo, no entanto, podem perceber "algum tipo" de maior movimentação - ressalta, sem mencionar detalhes.

As declarações do gerente geral foram dadas hoje no 6º Encontro de Logística e Transportes "Brasil: Sem Medo de Crescer", promovido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e realizado na capital paulista.

Fonte: Valor / economia.uol.com.br - Adaptado pelo Site da Logística.

 

Voltar