Portos e terminais brasileiros movimentam 220,2 milhões de toneladas.

15-08-2011 20:27

 

Os portos e terminais brasileiros movimentaram no 2º trimestre de 2011, cerca de 220 milhões de toneladas, o que representa crescimento de 6,7% em comparação com o mesmo período do ano passado. Já no primeiro semestre, o aumento foi de 7,1% em comparação com 2010. As informações constam no boletim de desempenho portuário da Antaq.

"Como previmos no 1º Boletim, as importações tiveram crescimento de 10,9% no segundo trimestre frente a igual período em 2010", lembrou o gerente da área, Fernando Serra.

As cargas que mais contribuíram para a expansão os foram fertilizantes/adubos, produtos siderúrgicos e bauxita. As taxas de crescimento dos três grupos de mercadoria situaram-se bem acima das demais, com crescimentos de 32,5%, 24,4% e 19,0%.

"O segundo trimestre foi marcado pelo maior dinamismo dos terminais de uso privativo frente aos portos organizados, ao contrário do que aconteceu no primeiro trimestre", salientou Serra. De fato, os portos organizados exibiram taxa de crescimento de 2,9% na tonelagem movimentada, enquanto os terminais apresentaram aumento de 8,9%.

O porto de Santos apresentou elevação de 3,2% na tonelagem movimentada. Esse desempenho ajudou a recuperar a queda de 0,8% do primeiro trimestre. Essa recuperação se deu por conta do melhor desempenho da soja no segundo trimestre, crescimento de 8,8%, frente ao segundo trimestre de 2010. No primeiro trimestre, a movimentação de soja havia declinado em 13,7%.

Os terminais de uso privativo foram responsáveis por 142,6 milhões de toneladas movimentadas no segundo trimestre, aumento de 8,9% frente a 2010. No acumulado do ano obteve-se crescimento de 7,8% frente ao acumulado de 2010. Nesse período, foram movimentadas 275,3 milhões de toneladas.

Fonte: Antaq - Adaptado pelo Site da Logística.

Voltar