Porto do Pecém terá R$ 2 bilhões até 2016.

30-03-2012 21:34

O Porto do Pecém aguarda licença ambiental emitida pelo Ibama para seguir a segunda etapa das obras de expansão e modernização. O terminal completa hoje 10 anos de inauguração

Estavam lá. Tasso Jereissati, governador do Ceará de então; José Serra, que lançara o edital de licitação das obras em 2005 quando ministro do Planejamento; e Juraci Magalhães, prefeito de Fortaleza à época. Era a inauguração oficial do Terminal Portuário do Pecém, em 28 de março de 2002.

O porto, com seu complexo industrial batizado de Mário Covas - nome votado na Assembleia Legislativa -, recebeu investimento do Governo do Estado da ordem de R$ 220 milhões, segundo informou o secretário de Infraestrutura do período, Maia Júnior. Houve também recursos do Governo Federal.

Dez anos depois, sob a tutela do governador Cid Gomes, o Porto do Pecém prepara-se para a agenda de expansão e modernização. Serão R$ 2 bilhões até 2016.

A Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra) já assinou o contrato com o consórcio vencedor Marquise/QG/Ivaí, formado pela Construtora Marquise; Queiroz Galvão e Ivaí Engenharia de Obras. O valor firmado foi de R$ 568,7 milhões, com término das obras em 30 meses a contar da data de assinatura da ordem de serviços.

Para começarem os trabalhos, falta a licença ambiental, emitida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama). A expectativa é que saia ainda neste mês ou no início de abril. O Ibama informou que o documento está em analise.

A segunda etapa da expansão inclui uma nova ponte de acesso ao quebra-mar existente com 1.520 metros (m) de extensão; pavimentação de 1.065m sobre o quebra-mar; ampliação do quebra-mar em cerca de 90m; alargamento em cerca de 33m da ponte; construção de 600 metros de cais com dois berços de atracação de navios cargueiros ou porta-contêineres, informou a Seinfra. Está prevista ainda a ampliação do pátio da retro-área de aproximadamente 69 mil metros quadrados.

Em agosto de 2011, foram entregues as obras do Terminal de Múltiplo Uso (Tmut), que tem dois berços de atracação; quebra-mar ampliado para mil metros e o prolongamento da ponte existente. A obra custou cerca de R$ 410 milhões.

A importância do Porto do Pecém e do seu complexo industrial foi tratado pelo O POVO na reportagem especial Dossiê Pecém, que começou a ser publicaa no dia 18.

Siderúrgica em pauta - O governador Cid Gomes se reuniu, ontem, no Palácio da Abolição, com o presidente da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), Marcos Chiorboli, além de representantes da Zona de Processamento de Exportação (ZPE).

Na pauta, a preparação da área da CSP para receber o material de construção, grande parte vindo da China, está previsto para chegar, em abril, conforme O POVO adiantou em matéria no dia 21.

ENTENDA A NOTÍCIA

Porto do Pecém tem aspectos naturais de profundidade e localização muito competitivos. A infraestrutura está sendo montada e o empresário começa a se sentir mais seguro em fazer negócios no local.

Retrospectiva

Março/2002. Inauguração oficial do Porto do Pecém e do seu complexo industrial. Um dos dois nomes que estavam em votação para batizar o complexo era Cícero Romão Batista, mas Mario Covas acabou sendo escolhido.

Fevereiro/2003. Estudo Refinaria - Razões Técnicas de Sua Localização, feito pelo Núcleo de Pesquisa em Logística, Transporte e Desenvolvimento (Nupeltd), aponta o Porto do Pecém como o melhor para receber uma refinaria.

Maio/2005. Pesquisadores visitam o Ceará para definir os detalhes da construção de uma usina de geração de energia por meio das ondas do Porto do Pecém.

Dezembro/2007. Governo do Estado determina um estudo para montar o plano diretor do Complexo do Pecém e um planejamento para os dez anos seguintes.

Agosto/2008. O então presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, afirma, pela primeira vez à imprensa cearense, que a refinaria no Pecém seria mesmo construída e teria o início das obras em 2009.

Novembro/2009. Porto do Pecém completa 3 anos seguidos como líder em exportação de frutas.

Fevereiro/2010. Primeiro carregamento de minério de ferro.

Fonte: O Povo (CE) / Usuport - Adaptado pelo Site da Logística.

 

Voltar