Obras da Ferrovia Oeste-Leste devem ser entregues em 2014, garante ministro.

06-05-2013 08:58

Durante o Seminário "Ferrovia Oeste-Leste: a Bahia quer, o Brasil precisa", ocorrido em Barreiras, no oeste da Bahia, na última sexta-feira (26), o ministro dos Transportes, César Borges, firmou o compromisso do Ministério e da Valec de entregar, até o final de 2014, o primeiro trecho das obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol).

Sobre a paralisação da construção, o ministro esclareceu que "seria muito bom se a Fiol já estivesse pronta, mas ela enfrentou obstáculos, como qualquer obra de engenharia civil, na sua execução. Foi necessário rever todo o projeto básico, desenvolver o projeto executivo e atender às exigências do TCU e do Ibama para, então, dar continuidade à obra", afirmou.

O projeto da Ferrovia de Integração Oeste Leste está dentro do Plano de Aceleração de Crescimento (PAC). A ferrovia tem 1.527 km de extensão e envolve investimentos estimados em R$ 7,2 bilhões, até 2014.

Diversos trechos da obra estão sendo retomadas, com novas licitações que atendem às exigências ambientais, conclusão de projetos executivos e desapropriação de áreas. As providências se concentram no trecho de 536 quilômetros entre Ilhéus e Caetité, fundamental para o escoamento da mineração.

Fonte: Agência CNT de Notícias / Usuport - Adaptado pelo Site da Logística.

 

 

Voltar