Governo vai investir R$ 2,6 bilhões no setor portuário.

18-05-2016 10:59

Desse total, R$ 500 milhões virão de contratos de arrendamento para um novo terminal de celulose e um de grãos e o estante, R$ 2,1 bilhões, é de Terminais de Uso Privado (TUP)

O ministro da Secretaria de Portos, Maurício Muniz, anunciou, ontem, terça-feira (10), após reunião com a presidenta Dilma Rousseff, aprovação de 15 atos que viabilizam investimentos de R$ 2,6 bilhões para o setor portuário em dez Estados.

Desse total, R$ 500 milhões virão de contratos de arrendamento para um novo terminal de celulose e um de grãos. “Então é um marco importante, já que são os primeiros que serão assinados hoje à tarde”, disse Muniz.

O restante, R$ 2,1 bilhões, é de Terminais de Uso Privado (TUP), empreendimentos cuja exploração das atividades portuárias ocorre sob o regime da iniciativa privada. A previsão é que os investimentos, que fazem parte do Programa de Investimento em Logística (PIL), estejam concluídos até 2018, disse o ministro.

No caso da TUP Pontal do Paraná (PR), vai receber R$ 1,5 bilhão para a construção do novo terminal para movimentação de contêineres, gerando cerca de 2 mil empregos diretos e outros 5 mil indiretos.

Já a TUP de Itapoá (SC), o investimento de R$ 488 milhões será usado na ampliação do píer e pátio dedicado à movimentação e armazenagem de cargas, implantação de uma nova ponte de acesso, aumento do cais e da retroárea, expansão da área da instalação física sobre a água, além de obras em edificações.

“É importante ressaltar que todo esse investimento vai ser realizado pelo setor privado. E ele está espalhado por diversos portos: Santa Catarina, Paranaguá, Belém, Santos. Esses investimentos vão gerar, nos próximos três anos, um conjunto significativo de empregos e aumento de renda para a população, além da movimentação de cargas para o setor portuário”, disse Muniz.

Fonte: Portal Brasil / Usuport - Adaptado pelo Site da Logística.

 

Voltar