Faturamento de Suape é o maior dos últimos 13 anos.

07-05-2014 11:17

A Empresa Suape – Complexo Industrial Portuário Governador Eraldo Gueiros registrou o maior faturamento dos últimos 13 anos. Foram R$ 89,5 milhões ante R$ 77,9 milhões em 2012, alta de aproximadamente 15%. O lucro líquido chegou a R$ 8,7 milhões, subindo 300% em relação aos R$ 2,9 milhões em 2012. Trata-se do segundo melhor resultado da estatal administradora do Complexo desde 2007. O primeiro foi em 2011, quando Suape lucrou R$ 18,1 milhões. Os dados são do balanço de 2013 publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (30/4). A empresa Suape é vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.

Este excelente resultado deve-se, principalmente, ao recorde anual de movimentação de cargas, que somou 12,8 milhões de toneladas no ano passado, batendo o último recorde, registrado em 2011, quando foram movimentadas 11,2 milhões de toneladas. “Com o aumento de cargas, conseguimos arrecadar com tarifas portuárias e arrendamentos dos terminais. Mas isso não foi tudo. Também desenvolvemos uma política austera de controle de gastos, mantendo patamares equivalentes aos de 2012”, comentou o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco e presidente do Complexo Industrial Portuário de Suape, Márcio Stefanni Monteiro.

Os investimentos estaduais em obras de infraestrutura em Suape também apresentaram alta. O aporte foi 4,6% superior em 2013 ante 2012. Ao todo, foram aplicados R$ 265,5 milhões em obras estratégicas para o complexo industrial portuário. Em 2012, a soma havia sido de R$ 253,8 milhões. Entre as obras concluídas no ano passado, destacaram-se o reforço dos cabeços, destinado à proteção dos arrecifes nas operações dos navios no porto interno, e a requalificação do Cais de Múltiplos Usos (CMU), cuja operação se concentra, principalmente, em combustíveis, óleo vegetal e açúcar em saco. Houve, ainda, investimentos em obras de melhoria dos acessos viários ao Complexo.   

 

Fonte: NetMarinha / Usuport - Adaptado pelo Site da Logística.

 

Voltar