DNIT licita novo Plano Nacional de Pesagem.

17-11-2014 16:45

O DNIT começou o processo de contratação do novo Plano Nacional de Pesagem. Serão 35 Postos Integrados Automatizados de Fiscalização - PIAFs - nas cinco regiões do país. Haverá controle de peso de veículos durante cinco anos nas rodovias administradas pelo Governo Federal nos seguintes estados: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Pará, Piauí, Maranhão, Rio Grande do Norte, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. 

São quatro editais de licitação pelo Regime Diferenciado de Contratações - RDC. As aberturas de propostas acontecerão nos dias 4 e 5 de dezembro.
 
O novo modelo de fiscalização, automatizado, permite reduzir o tempo de parada dos veículos no processo de coleta de dados para fiscalização. Uma das principais mudanças no novo modelo é a possibilidade do posto operar sem a presença física do agente de trânsito, que passa a exercer suas atividades em Centros de Controle Operacionais.
 
Um PIAF tem três unidades: a Estação de Controle em Pista, o Posto de Fiscalização e o Controle de Fuga em Pista. Por meio de um sistema de pesagem em movimento, a Estação de Controle seleciona previamente os veículos com indicativo de excesso de peso, de dimensões ou outra irregularidade. Somente nesses casos, o motorista será orientado a entrar no Posto de Fiscalização.
 
Para definir a localização dos postos de fiscalização, foi necessário mapear as rotas das mercadorias. Os PIAFs devem ser instalados o mais próximo possível da região geradora de carga para impedir que veículos trafeguem com excesso de peso e danifiquem o pavimento das rodovias. Assim, é possível manter as condições de conforto, segurança e economia para os usuários.
 
O desenvolvimento da tecnologia dos PIAFs é uma parceria entre o DNIT e o Laboratório de Transportes e Logística - Labtrans - da Universidade Federal de Santa Catarina.


Fonte: Dnit / Usuport - Adaptado pelo Site da Logística.


Voltar