Dilma: Não tem cabimento escoar a safra do Norte pelo Sul do país.

05-05-2014 15:47

Ao participar, na cidade de Barcarena, no Pará, de inauguração de complexo portuário da empresa Bunge, a presidente Dilma Rousseff tratou, em discurso, da necessidade de investimentos em infraestrutura para o escoamento da produção brasileira. A presidente aproveitou para criticar governos passados ao dizer que não investiram no setor.

"Não tem cabimento a safra do Norte escoar pelo Sul do país", disse a mandatária. Ela defendeu não apenas o investimento público em infraestrutura, mas também o privado, como é caso do porto inaugurado.

Dilma destacou a nova lei de portos aprovada em seu governo e disse que "em dez meses os resultados são animadores". Estão em processo de autorização 32 terminais de uso privado, disse.

"Enfrentamos o desafio e aprovamos um novo marco regulatório. Desta vez abrimos os portos ao investimento privado para aumentar a oferta de instalações", disse.

A presidente afirmou, ainda, que o governo "vem realizando investimentos que vão desenvolver uma nova rota exportadora pelo norte do país. Exigência econômica e lógica".

Fonte: Valor Econômico / Usuport - Adaptado pelo Site da Logística.

 

Voltar