ANTT: Brasil tem 5,5 mil km de ferrovias subutilizadas.

11-07-2011 20:00

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) divulgou um levantamento que mostra que o país tem 5,5 mil km de ferrovias subutilizadas ou sem tráfego de cargas. As operadoras terão prazo de 60 dias, a partir da publicação da deliberação nº 124, de 6 de julho de 2011, da ANTT, para adequá-las para o transporte de cargas, no mínimo nas mesmas condições em que estavam quando assinaram os contratos de concessão e arrendamento.

Essa medida visa o cumprimento do novo marco regulatório, que entra em vigor no dia 20 de julho, possibilitando o transporte de carga em malhas que não estão sendo aproveitadas pelas atuais operadoras. Do total de trechos subutilizados (5,4 mil km), quase metade se refere a ferrovias operadas pela ALL (2.675 km), a Transnordestina (1.623) e a FCA (1.246 km).

Segundo o diretor geral da ANTT, Bernardo Figueiredo, o governo já negocia a capacidade da Ferrovia Oeste-Leste com empresas interessadas na utilização da ferrovia.

Fonte: Revista Ferroviária / Usuport - Adaptado pelo Site da Logística.

Voltar