A multimodalidade chegou para ficar e o desafio hoje é logístico.

08-07-2013 14:24

"A multimodalidade chegou para ficar e o desafio hoje é logístico". A frase é do diretor Comercial da Tecon Rio Grande e ex-administrador e diretor técnico da Superintendência do Porto de Rio Grande, Thierry Rios. A tendência é de que a multimodalidade no Brasil envolva os segmentos hidroviário, ferroviário e rodoviário, como já ocorre no Porto de Houston, nos Estados Unidos.

A multimodalidade e o escoamento da produção foi tema de painel da 1ª Intercomex, evento paralelo à 15ª Feira e Congresso de Transporte e Logística (Transposul). O debate também contou com a participação do diretor Comercial da CMA CGM, Paulo Gudergues, e do representante no Brasil da Port Of Houston Authority, John Cuttino. A Transposul segue até esta sexta-feira, 5 de julho, na Fiergs.

De acordo com o diretor Comercial da CMA CGM, Paulo Gudergues, o Brasil transportou 4,4 milhões de contêineres de 20 pés em 2012. Ele informou que 90% de toda a carga no mundo é transportada por hidrovia e 60% em contêiner. No Brasil, o segmento aquaviário, que representava 13% em 2011 será 29% em 2025. O dado é do Ministério dos Transportes, que também levantou que o ferroviário cresce mais que o rodoviário no Brasil.

Em 2011, as ferrovias representavam 30% da matriz. Em 2025, devem chegar a 36%. As rodovias, por sua vez, eram 52% em 2011, mas, em 2025, devem reduzir para 30%. A partir desses dados, Gudergues conclui que a multimodalidade no país envolverá esses três segmentos.

O Porto de Rio Grande utiliza apenas os modais rodoviário e ferroviário internamente. "Não fosse a logística multimodal, dificilmente, o porto poderia concorrer com os demais", destacou Thierry Rios. Quinze serviços são operados no terminal. O porto atende a todos os destinos e, em 2012, movimentou 17 mil contêineres.

Já o Porto de Houston é um dos mais importantes do mundo e um exemplo de multimodalidade. Apresenta movimento de 150 mil barcaças ao ano e canal de 45 km de extensão. Possui acesso rodoviário, hidroviário e ferroviário e um sistema de monitoramento em tempo real (HarborLight), que permite visualizar e agendar o movimento de embarcações. De acordo com o representante no Brasil da Port Of Houston Authority, John Cuttino, não há crise econômica entre o Brasil e o Porto de Houston. A balança comercial atingiu R$ 15,5 bilhões em 2011.

Sobre a Transposul - A Feira e Congresso de Transporte e Logística (Transposul) são, juntos, o maior evento do Sul do País e o segundo do Brasil na área de logística. Promovido pelo SETCERGS - Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado do Rio Grande do Sul, está em sua 15ª edição, e a expectativa é movimentar R$ 138 milhões durante os três dias de Feira, superando em 20% o volume de negócios de 2012. A Transposul reúne as novidades tecnológicas dos maiores fabricantes de caminhões, pneus, distribuidores de combustíveis e fornecedores do ramo de implementos do país, além de modernos sistemas, equipamentos e serviços voltados para a logística e multimodalidade. O evento acontece até amanhã, 05/07, na Fiergs (Av. Assis Brasil, 8787), em Porto Alegre.

Fonte: Incorporativa Pautas / Usuport - Adaptado pelo Site da Logística.

 

 

Voltar